DANILO BRITO

Danilo Ezequiel Brito de Macedo iniciou sua carreira aos 11 anos; já nesta idade foi convidado para participar de diversos programas, vencendo aos 19 anos o Prêmio Visa de melhor instrumentista do Brasil. É bandolinista e compositor. É considerado uma autoridade na arte brasileira do choro. A sua interpretação traz vitalidade ao Choro. Nasceu com um talento extraordinário e tem um profundo conhecimento da música brasileira.

[wpdiscuz-feedback id=”y4egqv465x” question=”Por favor, deixe o seu feedback” opened=”0″][/wpdiscuz-feedback]

O Choro nasceu no século XIX e é o primeiro gênero autenticamente brasileiro. O Choro se destaca pela improvisação, pelos contrapontos, pela síncope e pelo virtuosismo.

Como intérprete Danilo se destaca por penetrar na alma do compositor e perceber o seu sentimento e transferir na sua interpretação tanto o silêncio quanto o vigor e a intensidade que o compositor quis transmitir. Como compositor Danilo se inspira na variedade musical da nossa cultura e tem nas suas composições valsas, choros, baião, frevo, sambae outros. A sua valsa ‘Chovia’ ele compôs para ser executada por orquestra. Entre os instrumentistas brasileiros, foi comparado, pela crítica a Jacob do Bandolim.

Infância e formação

Começou a tocar aos 3 anos e por volta dos 5 anos teve o primeiro registro em fita cassete tocando ‘Delicado’ de Waldir Azevedo por influência de seu pai, bandolinista amador. Na sua casa eram tocados diariamente os discos de Waldir Azevedo e Jacob do Bandolim. Seu primeiro instrumento foi o cavaquinho e sua primeira execução, o chorinho “Delicado” de Waldir Azevedo. Em pouco tempo, também tocava músicas de Jacob do Bandolim no instrumento de seu pai. Mais tarde, optou por dedicar-se ao bandolim.

Veio para São Paulo, passou a frequentar as tradicionais Rodas de Choro formadas pela velha guarda da música brasileira. Participou dessas rodas por mais de 10 anos. Participar de uma roda de choro é um desafio muito grande. Há uma complexidade muito grande em acompanhar uma roda de Choro: conhecer as melodias, saber o momento certo de entrar e improvisar, tocar e respeitar a função de cada instrumento…há de se atentar para a complexidade das músicas, o detalhamento e o requinte dos instrumentistas.

Fez a sua primeira apresentação no Teatro Municipal de São Paulo em 1999, quando tocou o choro Espinha de Bacalhau (Severino Araújo). Danilo já se apresentou várias vezes no exterior. Já tocou na Espanha e nos Estados Unidos sendo sempre muito aplaudido. Nos Estado Unidos quando terminou de executar sua composição Sussuarana foi ovacionado com a plateia em pé.

Ministra aulas de música e de bandolim onde ensina os rítmos brasileiros e técnicas de bandolim e improviso. Nestas aulas, Danilo Brito ensina sobre os compositores brasileiros, gêneros e ritmos brasileiros e dá aulas de técnica em bandolim, improviso e conjunto. É compositor e tem a sua propria gravadora

Carreira no exterior

Em 2009, com o apoio do Ministério da Cultura do Brasil, apresentou-se e ministrou oficinas no Festival de Música Acústica Wintergrass. Neste evento a acolhida pelo público surpreendeu até mesmo os produtores do evento: em meio a gêneros muito populares nos EUA como o bluegrass e o jazz, Danilo arrebatou a todos com sua sonoridade e composições. A crítica especializada e as revistas classificam sua música como madura, tocante, brilhante]. O reconhecimento internacional decorre de suas extraordinárias habilidades musicais, da sua capacidade única de emocionar o público e de sua excepcional contribuição para a música instrumental brasileira, notadamente, o Choronosso rítmo empolgante e contagiante.

Sussuarana – música de sua autoria

Descubra mais sobre

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

12 thoughts on “DANILO BRITO

  1. Lucy,
    Sim ele é excepcional. Tem uma técnica impressionante e a sua sua interpretação é maravilhosa. Ele faz cada expressão de rosto na sua execução, que parece que a gente sente o que ele está sentindo quando toca. Eu até já fiz este comentário em um dos videos do YouTube. Ele responde todos os comentários.
    Bjs
    Nilce

  2. Maravilhoso!!!! As notas saltam do Bandolim. Graças à Deus, foi reconhecido como melhor instrumentista do Brasil. Obrigada, amiga por compartilhar ! 👏👏👏👏

    1. Suzue
      Sim, Danilo Brito é uma dádiva de Deus. Estudou sozinho, morava no Nordeste longe de tudo. Inventou uma afinação para seu instrumento e começou a treinar. Muitas das técnicas que usa hoje vem daquela época.
      Obrigada!
      Nilce

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.