GUIDO SANT’ANNA

Concerto n. 3 para violino em Sol M – K 216

“Ao longo dos anos, ao longo do trabalho, dos concertos que eu fiz, eu ia descobrindo a música e vendo como a música me ajuda a conectar com as pessoas e ter várias experiências faz parte da minha alma.” (Guido Sant’anna)

Guido Sant’anna nasceu no Bairro Parelheiros, São Paulo, Brasil. Tinha cinco anos quando Iniciou seus estudos de violino. Começou a estudar com sua mâe que até os seis anos lhe deu os conhecimentos básicos; depois passou a ter aulas com a professora Marcia Uhlemann. Nesta fase participou do Programa do Jô em que foi apresentado pelo Maestro Julio Medaglia. O Maestro o levou para sua primeira apresentação com orquestra.

Aos nove anos passou a ter aulas com Elisa Fukuda. Participou de um programa de calouros de música clássica no Brasil denominado Prelúdio. Tornou-se finalista sob a regência do Maestro Julio Medaglia. Nesta época passou a ser bolsista do Cultura Artística. O Maestro João Carlos Martins o levou para uma apresentação na Sala São Paulo.

Em 2018 a professora Elisa Fukuda o preparou para concorrer no Menuhin Competition em Londres. Ficou entre os finalistas. Obteve três prêmios. Foi ainda selecionado em 2018 e 2019 para participar do Perlman Music Program, no Summer Music School em Shelter Island – NY.

Recebeu o prêmio de maior revelação da música clássica do ano, concedido pela Revista Concerto.

Guido Sant’anna é bolsista da Graded – The American School of São Paulo e fez com a escola viagens para a Russia, Bélgica e Madrid.

Para melhorar a performance ele conseguiu um Violino Vincenzo Iorio de 1833, gentilmente cedido pela Caris Foundation (Fundação sem fins lucrativos do Texas). Os violinos Iorios são famosos. Vicenzo Iorio foi um fabricante de violinos da Itália.

O Programa Cultura Artística visa impulsionar carreiras de jovens músicos de 16 a 26 anos que residam no Estado de São Paulo, promovendo bolsas de estudo de Canto e de Instrumento. As aulas e viagens de Guido foram finaciadas na época de 2018 a 2020 por um doador estrangeiro anônimo.

O Concurso Jovens Solistas da OSESP foi Criado na década de 1940, por iniciativa do Maestro Eleazar de Carvalho, e promovido inicialmente pela Orquestra Sinfônica Brasileira; é um dos principais concursos de música erudita no Brasil. Em 2021 Guido Sant’nna foi vencedor do Concurso Jovens Solistas da Osesp com a nota 98 – maior nota conseguida por um participante nesta competição desde o seu início.

Neste ano de 2022 Guido Sant’anna participou da 10ª edição da Competição de Música Clássica Fritz Kreisler International Violin competição que aconteceu entre 17 a 25 de setembro em Viena na Austria. Ele concorreu com mais de 230 violinistas de 40 países em uma das principais salas de concertos do mundo. Tirou o primeiro lugar. Faz parte da premiação o lançamento de um álbum internacional um CD pelo Selo Naxos de Hong Kong. Guido fará também um recital com a Orquestra Filarmônica de Viena. Ele tem agora um Violino Vuillaume 1874 pelo tempo que precisar. Foi cedido pelo luthier Marcel Ritchers.

Terá agora uma série de eventos: apresenta-se na capital paranaense com a Orquestra de Câmara de Curitiba. Em 20 de novembro faz recital organizado pelo Rotary Clube de São Paulo na Sociedade Brasileira de Eubiose. Em dezembro apresenta-se em Belo Horizonte com a Filarmônica de Minas Gerais.

“A música é dos pilares mais importantes para a formação de uma pessoa e para a formação de uma pessoa em geral; então quando eu e meus dois irmãos éramos crianças meu irmão maior escolheu o violino; foi mais fácil para meus pais, nós três tocarmos violino.” (Guido Sant’anna)

Fonte:

  • https://culturaartistica.org/bolsas-de-estudo
  • https://www.youtube.com/watch?v=FtY-noER8VY
  • https://www.opovo.com.br/noticias/brasil/2022/09/26/brasileiro-de-17-anos-vence-concurso-internacional-de-violino-em-viena.html
Concerto para Violino em Ré Maior, op. 77″, do alemão Johannes Brahms.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.